Fato Real
Destaque Polícia

Preso suspeito de roubar e colocar fogo em residências em Lafaiete

A Polícia Civil concluiu nesta terça-feira (19/02), a investigação acerca de casos de furtos seguidos de incêndios em residências de Conselheiro Lafaiete.

O primeiro caso ocorreu em dezembro de 2018 no bairro Lima Dias quando a vítima, de 41 anos, chegou a sua casa e encontrou o local em chamas. Após o fogo ser controlado a vítima constatou a falta de diversos pertences.

A segunda ocorrência foi em janeiro de 2019 no bairro Santa Efigênia. Se deparando com a mesma situação do primeiro crime, a vítima além de encontrar a residência já pegando fogo, também relatou a falta de diversos objetos, entre aparelhos eletrônicos, dinheiro e jóias. Era por volta das 14h quando um morador (54) de uma edificação de três andares percebeu que havia labaredas intensas saindo de uma das janelas e acionou o Corpo de Bombeiros. O fogo destruiu dois quartos e objetos como guarda-roupa, camas, cômodas, uma TV de 40′ e roupas.O morador alegou que estava trabalhando no horário do incêndio e relatou que a porta dos fundos estava aberta, porém com as chaves na fechadura, e também percebeu que as gavetas estavam reviradas, o que levantou a suspeita de incêndio criminoso.

Suspeito

O suspeito foi identificado pela equipe policial, como sendo Ramonzinho, pessoa já conhecida no meio policial pela prática de outros crimes. Na casa do indivíduo foram apreendidas roupas utilizadas na ação criminosa e parte do material furtado.

A prisão preventiva do suspeito, de 24 anos, foi decretada e cumprida no sistema, tendo em vista que o mesmo já se encontrava no Sistema Prisional por outros crimes, permanecendo à disposição da Justiça.

O Delegado Daniel Gomes, responsável pelo caso, afirmou que a identificação e a
Manutenção da prisão do investigado é de fundamental importância para a manutenção da ordem pública. “As vítimas tiveram enormes prejuízos com a ação do criminoso, sendo que uma das casas ficou praticamente inabitada devido ao incêndio. A população de Lafaiete já viveu momentos de terror no meio de 2018, quando comércios da cidade foram incendiados, agora outro criminoso começava a assustar novamente a população, o que não pode ocorrer. A prisão dele, certamente, traz mais tranquilidade para a sociedade lafaietense”, afirmou..

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!