Fato Real
Destaque Polícia

Briga de trânsito e ofensas terminam em assassinato em Congonhas

Gebert foi assassinado com golpe de faca

Um assassinato ocorreu neste domingo (03/02) em Congonhas. Uma viatura da Polícia Militar compareceu à rua Belo Vale, no bairro D. Oscar, onde o corpo de um homem já sem vida estava sobre a via pública. A vítima foi identificada como Gebert Felipe Pereira de Moura.

Durante as apurações iniciais sobre as circunstâncias do crime, a namorada de Gebert disse que estava com ele em uma lanchonete quando um desconhecido se aproximou de moto e passou a discutir com o rapaz. Em meio à discussão, o recém-chegado desferiu diversos golpes de faca contra Gebert; depois de consumar o homicídio, deu partida à moto vermelha em que tinha chegado e fugiu em direção ao centro da cidade.

Outra versão

Mas, a polícia também colheu outra versão para o crime. De acordo com populares, a causa do assassinato teria sido uma briga de trânsito e os homicidas seriam dois irmãos residentes na avenida Minas Gerais, no próprio bairro D. Oscar. Os militares foram à residência indicada, onde a mãe dos suspeitos confirmou que os filhos, de fato, haviam se desentendido com a vítima. Segundo ela, quando voltava para casa conduzindo sua moto, um dos irmãos se deparou com o Fiat Uno de Gebert parado no meio da rua e impedindo o tráfego. Motoqueiro e motorista entraram em discussão e o suspeito teria chamado o irmão para auxiliá-lo, mas este não se intrometeu, apelando para que ambos se acalmassem. A mãe, porém, tomou a defesa do filho e entrou na briga, tendo sido, de acordo com sua versão, insultada e difamada pela namorada de Gebert, que assistia à confusão sentada no banco do carona.

Ainda de acordo com a mãe dos suspeitos, o motorista teria deixado a cena da discussão, à qual retornou minutos mais tarde armado de uma faca, disposto a atacar o oponente. Este, por sua vez, correu ao quintal de casa e muniu-se de um pedaço de pau para defender-se. Ao ver o irmão em apuros, o segundo suspeito saiu em sua defesa. Sentindo-se em desvantagem, a vítima tentou escapar, mas acabou alcançada, golpeada e morta.

Presos em flagrante, os dois irmãos, Marcos Paulo e Rafael, confirmaram a versão apresentada pela mãe. Um deles afirmou ter sido ferido a faca num dos dedos e no antebraço direito pela vítima. Ao ver o irmão ferido, o segundo suspeito deu uma facada no peito do agressor, que ainda correu alguns metros antes de cair ao solo já sem vida. A namorada do morto recuou das primeiras declarações e acabou confirmando a versão apresentada pelos suspeitos.

Um perito compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, sendo constatada uma lesão no lado esquerdo do tórax da vítima, proveniente de uma facada. A faca foi localizada e apreendida pelo próprio perito.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!