Fato Real
Cultura

Cone teatro Leon será restaurado

A classe artística de Congonhas está comemorando a assinatura nesta quinta-feira, 11/04 da Ordem de Serviço para a restauração e requalificação do Cine Teatro Leon, que se tornará um espaço multiuso, mais confortável, funcional e dotado de tecnologia atual. As características arquitetônicas da edificação serão preservadas, por ser um bem de grande valor para os congonhenses e se situar na área de ambiência histórica da cidade. A proposta é contribuir para o desenvolvimento cultural, social e econômico da cidade. Os trabalhos devem começar daqui a cinco dias úteis.

Para se despedir, temporariamente, desse espaço tão importante e dar boas-vindas aos novos tempos, artistas congonhenses subiram ao palco do Cine Teatro Leon na noite passada.

O BNDES aprovou o patrocínio da ordem de R$ 5.015.000,00, por meio da Lei Rouanet (Lei 8.313/91), permitindo à prefeitura de Congonhas restaurar e requalificar o Cine Teatro Leon. O recurso foi captado pela Fundação Municipal de Cultura, Lazer e Turismo (Fumcult), que é gestora daquele equipamento.

Aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o projeto de requalificação e restauração obedece à nova legislação de acessibilidade urbana. Dele consta o piso mais elevado do que o atual, para que as pessoas da primeira fileira não tampem as que estiverem nas anteriores; espaço para cadeiras no estilo mezanino; sistema de climatização; sistema de isolamento acústico; camarins na parte inferior do prédio com elevador de acesso; outro elevador para subir cenários; sala de preparo para as apresentações; e banheiros públicos do lado de fora.

História

O primeiro cinema de Congonhas funcionou à praça Mário Rodrigues Pereira. Em substituição a este, surgiu o Cine Teatro Leon, idealizado pelo Padre João Leonardo Pluymackers e construído por iniciativa das obras sociais da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, tendo sido inaugurado em 1961.

A arquitetura do prédio parece ser influenciada pelo art‐déco (que utiliza formas aerodinâmicas, retilíneas, simétricas e ziguezagueantes) na fachada principal. O estilo clássico está na decoração interna, seguindo o padrão de cinemas do período, com ornamentações estilizadas em gesso nas luminárias, no palco e nos forros. A alvenaria era de tijolos e concreto, e as esquadrias basculantes de metal e vidro. Os pisos eram de tacos de madeira. Os equipamentos foram adquiridos de segunda mão no Rio de Janeiro.

O Cine Teatro Leon pertence à Arquidiocese de Mariana e vinha sendo alugado pela Prefeitura de Congonhas. Graças a esta parceria que envolve o Município, Arquidiocese de Mariana e BNDES, haverá uma carência no pagamento do aluguel, para amortizar o valor investido no imóvel.

Fonte: PMC

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!