Fato Real
Coluna Vou Falar - por Aaron Fenix Gerais

Pai de verdade

A verdade é que não é difícil tornar-se um pai, praticamente todos os homens podem fazer um bebê. No entanto, ser um pai de fato não é para qualquer um. Assumir a responsabilidade e fazer a diferença na vida de um filho é apenas para as pessoas especiais. Ser pai vai muito além de apenas ter o nome na certidão de nascimento de seu filho, é muito mais do que pagar contas ou dar o dinheiro da pensão todo mês. Ser pai não é contribuir apenas com seus genes, nem visitar uma vez ao ano e ligar apenas quando convém. Um pai de verdade é uma pessoa responsável, presente, consciente de suas responsabilidades e do papel que representa na vida da pessoa que ajudou a colocar no mundo. Um pai de verdade lida com as crises, não desiste de seus filhos, e faz o seu melhor por aqueles que ama.

Um pai de verdade nunca se acomoda, nem cobra de seus filhos uma iniciativa que deve ser sua, um interesse que deve partir de si mesmo. Ele se esforça por seus sonhos e dá exemplo de otimismo para os seus filhos, ao invés de destruir seus sonhos com visões negativas e limitadas da realidade. Um pai de verdade faz questão de ser o espelho de seus filhos e os ensina sobre como devem tratar as pessoas, explica sobre como a vida e os relacionamentos funcionam e do quanto é importante sempre serem gratos pelas pessoas que possuem em suas vidas, as boas e as ruins, porque todas os ensinam lições valiosas.

Os verdadeiros pais ensinam desde cedo seus filhos a como tratar as mulheres em suas vidas, sem fazer distinção entre mães, parceiras românticas ou desconhecidas. Ele incentiva e ensina a importância do respeito incondicional e mostra-os como elas são importantes em todos os momentos de suas vidas. Um pai real faz questão de se tornar o melhor homem que pode ser. Ele não mente para seus filhos. Não desvaloriza o amor e a companhia deles. Não dá maus exemplos de caráter e princípios. Os pais verdadeiros são altruístas, pensam no bem e na felicidade de seus filhos antes de suas próprias, guiam-nos no caminho certo e estão sempre de braços abertos para recebê-los depois. Um pai verdadeiro realmente conhece seus filhos, porque dedica seu tempo a eles e se esforça para estar ciente de suas vidas, compreendendo que seu compromisso não vai até os dezoito anos, quando atingem a maioridade, mas para a toda vida, porque paternidade não tem prazo de validade.

Os pais verdadeiros sabem que tornar-se pai é fácil, mas que ser um pai é uma bênção que não podem desperdiçar. Os pais verdadeiros são os “durões”, os “chatos”, os “estraga prazeres”. Mas se ser tudo isso é para o bem de nossos filhos, temos até orgulho de ser assim. Os pais verdadeiros não são só condutores de destinos, mas sim os faróis que apontam para um caminho de honestidade e de bem. Os pais de verdade mesmo não só erguem os filhos do chão quando eles caem, mas também os faz perceber que a cada queda é possível levantar.

FELIZ DIA DOS PAIS!

 Tô Sabendo e Vou Falar!
 Aaron Fênix

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!